fbpx

A situação pandémica que todos vivemos está a mudar a percepção das pessoas em relação às suas casas; com os confinamentos obrigatórios, com a telescola e o teletrabalho como uma tendência, o tempo que as famílias passam em casa é cada vez maior.

De acordo com um estudo recente “Impacto da Covid-19 nos critérios da habitação em Portugal”, apenas 43% dos inquiridos se sentem satisfeitos com a casa onde vivem.

Para a harmonia familiar é muito importante que as Casas sejam o “porto de abrigo” de quem lá vive, o lugar onde podemos ser nós próprios e retemperar energias.

A ciência que estuda a influência que os locais onde vivemos têm sobre a nossa Vida é muito antiga e dá pelo nome de Feng Shui.

O Feng Shui surgiu nas planícies agrícolas chinesas durante a Dinastia Tang (618-907) e a sua aplicação original era identificar a posição mais adequada para os túmulos dos imperadores, em busca da posição perfeita para que as energias fluíssem sem quaisquer obstáculos.

Com o tempo e a evolução dessa arte, muitas cidades chinesas começaram a ser construídas com os conceitos do Feng Shui. Os responsáveis ​​pelo projeto consideraram que a construção da nova cidade em local adequado poderia trazer prosperidade, enquanto uma escolha errada poderia ser sinónimo de fome e miséria para o governo e a população.

Na sua essência, Feng Shui significa estar “alinhado” com a energia da prosperidade da Terra. “Feng” traduzido significa Vento e “Shui” significa Água. O Vento simboliza o CHI ou o que chamamos de energia e a Água está associada à prosperidade ou boa sorte. Quando falamos em prosperidade, é muito mais do que prosperidade financeira.

Um Espaço onde a Energia flui de forma harmoniosa beneficia a nossa Vida em várias áreas:
*Saúde e equilíbrio
*Prosperidade financeira
*Relacionamentos, Amor e Sexualidade
*Fama e Reputação
*Relações familiares
*Concentração para o estudo
*Criatividade
*Carreira e propósito de Vida

Por todas essas razões e por resultados comprovados ao longo de todos esses milénios, o Feng Shui é atualmente considerado uma verdadeira arte de proporcionar bem-estar.

Numa consulta de Feng Shui muda-se o que é visível (disposição de mobiliário, cores, objetos, formas, etc.) para melhorar o invisível, ou seja, a energia de prosperidade da família.

Lina Messias
Especialista em Feng Shui